sábado, janeiro 08, 2005

Um caso demoníaco

Olhem, vocês nem vão acreditar nisto!... Ontem, ia eu na rua, quando vi... a pantera cor-de-rosa! Claro, pedi-lhe logo um autógrafo, mas ela, cheia de importância, disse que estava muito ocupada a resolver um caso de um roubo a uma loja. Disse-me que tinham roubado um rebuçado. Eu, como é óbvio, fiquei chocado. Roubar um rebuçado... Quem se atreveu a roubar um rebuçado? Quem se atreveu a fazer coisa tão malévola? Isto não é obra de pessoas, disse eu. Isto é obra do Diabo! Só ele para fazer tal coisa... Todos concordaram comigo, claro. Especialmente a própria pantera. Houve alguém que sugeriu fazermos uma embuscada ao demónio ladrão, mas o resto das pessoas ficou cagado de medo e concordou em guardar aquilo nos ficheiros secretos para nunca mais ninguém mexer naquele caso.
Mas, um dia, penso eu, alguém irá «desenterrar este osso». Afinal, estamos a falar de um roubo de um rebuçado...

5 Comments:

At 8:38 da tarde, Blogger spiff said...

És tu o ladrão... só pode...

 
At 11:34 da tarde, Blogger 3ap said...

pronto, eu confesso.. =/
ás x era um ou 2...
no outro dia foi um pote inteiro de caramelos de leite em potencia :O

 
At 3:55 da tarde, Anonymous Anónimo said...

fui eu, fui. e olha que o rebuçado era bem bom. quanto à xiclet, acredito que tenha roubado caramelos, mas isso já é outro caso. assumo com orgulho que fui eu quem roubou o maldito rebuçado!

 
At 2:39 da manhã, Blogger spiff said...

És, então, o que normalmente se costuma chamar um ladrão de rebuçados!

 
At 5:30 da tarde, Anonymous Anónimo said...

pois sou, pois sou...

 

Enviar um comentário

<< Home