quarta-feira, janeiro 12, 2005

Estava eu a cozinhar,
a cozinhar em Guimarães.
Quando pensei em temperar
e servir à mesa os meus cães.
Eles puseram-se a ganir
quando lhes tentei pegar.
Desataram a fugir
sem eu os conseguir agarrar.
Remediei a situação
com uns tais gatos vadios.
Juntei-lhes açafrão
sem ligar aos seus mios.
O almoço saiu bem
e todos o elogiaram.
"Cozinhas como ninguém!"
Foi o que muitos gritaram.

4 Comments:

At 7:01 da tarde, Blogger a prima said...

ora digam lá se este meu sobrinho é ou não é um espanto!!!...
cá por mim, entregava-se-lhe a direcção deste blog e tudo seria melhor...

 
At 1:51 da manhã, Blogger spiff said...

Tu falas, falas, mas escrever coisas é que nada... E depois vens falar do Duarte e dos sais... Sim, é para ti ó prima!

 
At 5:20 da tarde, Blogger Restaurador Olex said...

Tanto parentesco... que confusão...

Mas de qualquer forma está fixe a rima... eu no trabalho, tenho um colega que também faz assim umas fixes.

 
At 2:35 da tarde, Anonymous Anónimo said...

quem és tu, intruso? o que é isso de entrar neste site e escrever o que bem te apetece? de qualquer maneira, obrigado pelo elogio.

 

Enviar um comentário

<< Home